O aborto é errado?

Reverendo Milton Santana

OS TEUS OLHOS VIRAM O MEU CORPO AINDA INFORME, E NO TEU LIVRO TODAS ESTAS COISAS FORAM ESCRITAS, AS QUAIS IAM SENDO DIA A DIA FORMADAS, QUANDO NEM AINDA UMA DELAS HAVIA (Salmo139vers16).

Corpo informe: aqui a aplicação é para um feto de vida humana.

O aborto é definitivamente errado. No versículo 13 diz: Pois, possuíste o meu interior; entreteceste-me (teceu) no ventre de minha mãe. Abortar é tirar a vida de um ser humano, pois a Bíblia mostra que a vida começa na concepção. Deus nos forma quando estamos ainda no ventre de nossa mãe. O profeta Jeremias e o apóstolo Paulo foram chamados por Deus antes de eles terem nascido (Jr. 1:5; Gl. 1:15). João Batista pulou no ventre de sua mãe quando a voz de Maria, a mãe de Jesus, foi ouvida (Lc. 1:44). Obviamente, as crianças já no ventre têm uma identidade espiritual. Desde o momento da concepção, há um progresso de desenvolvimento que continua até chegarmos à idade adulta. Deus condenou os israelitas que estavam oferecendo seus filhos ao deus pagão Moloque. Tais crianças eram queimadas nas chamas de sacrifício (Lv. 20:2), oferecidos a um deus de sensualidade e conveniência. O mesmo está ocorrendo hoje e, agindo dessa maneira, nós estamos dizendo que os seres humanos não têm nenhum valor. Essa é uma marca terrível de nossa sociedade.

A Bíblia não é mais específica na questão do aborto, porque tal prática teria sido algo impensável ao povo de Deus. Por exemplo, quando Israel estava no Egito, um cruel Faraó forçou os israelitas a matarem seus bebês recém-nascidos. Na Bíblia isso era visto como o tipo mais cruel de opressão (Êx. 1:15-22). A idéia de matar seus próprios filhos teria sido um anátema aos hebreus. Por todo o Antigo Testamento, as mulheres ansiavam por ter filhos. Os filhos eram considerados um dom de Deus. As mulheres oravam para não serem estéreis. Como poderia uma mulher justa se voltar contra seus próprios filhos para destruí-los? O aborto não é somente impensável, como também é a pior das barbaridades pagãs.

Em primeiro lugar, os filhos são considerados por Deus como uma benção que deve ser recebida no lar de um casal (Sl. 127:3), Deus está bastante envolvido na formação da vida no ventre (Sl. 139:13 a 16) e planeja esta vida antes de a criança nascer (Jr. 1:5).

Nenhum método de controle de natalidade que provoque a morte de uma vida inocente é ético. O Salmista afirma que Deus conhece o indivíduo desde o estágio pré-embrionário até a morte. Como a Palavra de Deus é inspirada pelo Espírito Santo de Deus e é a verdade, temos que nos curvar diante dela, aceitando-a como as maravilhas de Deus para o homem que crê.

Embora a concepção humana busque meios e justificativas para a prática do aborto, segundo o Deus criador é a destruição de uma vida ainda indefesa. Conseqüentemente um ato covarde e de conseqüências funestas para quem o pratica.

Mesmo em um caso de uma violência sexual, o caminho mais correto seria o tratamento e acompanhamento da mãe, ao invés da destruição de uma vida.

A criança quando está sendo gerada e é cercada de carinho, certamente, será uma criança tranqüila e alegre. Quando indesejada, terá desvios de comportamentos e em alguns casos, espíritos de violência. Muitas mães que freqüentam o ocultismo consagram os filhos aos espíritos e as entidades que professam e o resultado é uma vida destruída e dominadas por aqueles espíritos destruidores.

Por mais convincente que seja os argumentos humanos, jamais poderão superar a palavra de Deus, pois, a partir do momento que o homem entra no mundo, passa a estar sujeito nas mais diversas complexidades do próprio mundo. Somente se torna um vencedor (a) aqueles que se volta para o Deus criador (na pessoa bendita e gloriosa do Senhor Jesus Cristo) e a sua Palavra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s