Confusão Religiosa

Reverendo Milton Santana

E disse-lhes Jesus: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem,  porém, não crer será condenado. Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em MEU NOME expelirão demônios;  falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma cousa mortífera beberem, não lhes fará dano algum; e porão as  mãos sobre os enfermos, e os curarão (Evang. Marc. Cap. 16 vs. 15-18).

Porque que as religiões ditas cristãs insistem na distorção do evangelho e exploram dentro da SUPERSTIÇÃO religiosa as  vidas que anseiam por uma realização de Deus, no entanto, são ludibriadas na sua boa intenção, pois, na verdade são  distanciadas do verdadeiro Deus pelas práticas contrárias à PALAVRA DE DEUS. No dicionário, encontramos a seguinte  descrição da palavra SUPERSTIÇÃO: Sentimento que se funda no medo ou na ignorância e que leva ao conhecimento de  falsos deveres, ao receio de ações sobrenaturais e à confiança em COISAS INEFICAZES; crendice; fanatismo; preconceito;  mandinga; simpatia.
Como podemos observar… O próprio dicionário já nos esclarece a gravidade religiosa que vivemos nos dias de hoje, levando  almas preciosas à corrupção ESPIRITUAL pela violação da PALAVRA DE DEUS. Já na Igreja primitiva, o espírito do  engano já atuava de forma maligna e destruidora e por este motivo, na carta aos crentes que estavam em Roma, o apóstolo  Paulo escreve dizendo: Porquanto, tendo conhecimento de Deus não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes  se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram  se loucos, e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves,  quadrúpedes e répteis (romanos cap. 1 vs. 21 – 23).
A ordem dada pelo Senhor Jesus aos seus discípulos e consequentemente para a sua Igreja em todo o tempo que  permanecer neste mundo foi para EVANGELIZAR e que pelo SEU NOME realizariam sinais e maravilhas para a libertação  das vidas que iriam crer pela pregação do EVANGELHO. O que vemos hoje? – tudo ao contrário da ordem dada pelo  MESTRE JESUS… Misticismo e idolatria religiosa através de objetos e crendices religiosas que nada tem a ver com o  evangelho de Cristo e a real libertação através de um encontro pessoal com o Senhor Jesus Cristo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s